O BlogBESSS...

Bem-Vindos!


Blog ou Blogue, na grafia portuguesa, é uma abreviatura de Weblog. Estes sítios permitem a publicação e a constante atualização de artigos ou "posts", que são, em geral, organizados através de etiquetas (temas) e de forma cronológica inversa.


A possibilidade de os leitores e autores deixarem comentários, de forma sequencial e interativa, corresponde à natureza essencial dos blogues
e por isso, o elemento central do presente projeto da Biblioteca Escolar (BE).


O BlogBESSS é um espaço virtual de informação e de partilha de leituras e ideias. Aberto à comunidade educativa da ESSS e a todos os que pretendam contribuir para a concretização dos objetivos da BE:

1. Promover a leitura e as literacias;

2. Apoiar o desenvolvimento curricular;

3. Valorizar a BE como elemento integrante do Projeto Educativo;

4. Abrir a BE à comunidade local.


De acordo com a sua natureza e integrando os referidos objetivos, o BlogBESSS corresponde a uma proposta de aprendizagem colaborativa e de construção coletiva do Conhecimento, incentivando ao mesmo tempo a utilização/fruição dos recursos existentes na BE.


Colabore nos Projetos "Autor do Mês..." (Para saber como colaborar deverá ler a mensagem de 20 de fevereiro de 2009) e "Leituras Soltas..."
(Leia a mensagem de 10 de abril de 2009).


Não se esqueça, ainda, de ler as regras de utilização do
BlogBESSS e as indicações de "Como Comentar.." nas mensagens de 10 de fevereiro de 2009.


A Biblioteca Escolar da ESSS


PS - Uma leitura interessante sobre a convergência entre as Bibliotecas e os Blogues é o texto de Moreno Albuquerque de Barros - Blogs e Bibliotecários.

sábado, 20 de novembro de 2010

A Vida e Obra do Padre António Vieira (1608-1697)


Pe António Vieira (1608-1697)

Vida e Obra...

Nasce em Lisboa a 6 de Fevereiro de 1608, filho de Cristóvão Ravasco e Maria de Azevedo.
Lisboa








O pai, Cristóvão Ravasco é nomeado escrivão da Relação da Baía e em 1614 António Vieira, seu irmão Bernardo e os pais passam a viver no Brasil.

São Salvador da Baía
Colégio dos Jesuítas

António Vieira estuda no Colégio dos Jesuítas de S. Salvador da Baía. Em 1623 ingressa como noviço na Companhia de Jesus, prosseguindo os seus estudos com distinção.


Em 1624, na sequência de um ataque holandês à cidade da Baía, Vieira e os jesuítas refugiam-se no sertão. 
 
Fica a conhecer mais profundamente o dialecto e costumes dos índios e empenha-se na defesa destes.


Aos 18 anos é nomeado professor de retórica no Colégio de Olinda.

Colégio de Olinda




Entre 1635 e 1640 é ordenado padre, é Mestre em Artes e ganha prestígio como pregador.


Púlpito (São Salvador da Baía)




D. João IV

Entre 1641 e 1645 está em Portugal onde vem manifestar a fidelidade da colónia do Brasil ao novo rei D.João IV, de quem se torna amigo e confidente. É nomeado pregador régio e, nessas funções, é um aliado valioso da política real.

Entre 1646 e 1650 desenvolve intensa actividade diplomática ao serviço de D. João IV e de Portugal em diversas capitais europeias, inicia a sua obra profética História do Futuro (1649)e é ameaçado de expulsão da Ordem dos Jesuítas.


 Entre 1652 e 1661 está nas missões do Brasil, evangelizando os índios. Vem a Portugal em 1654 e consegue fazer aprovar leis mais favoráveis para os proteger, mas acaba sendo expulso com outros jesuítas pelos colonos do Maranhão. 

É neste período que prega alguns dos seus sermões mais notáveis.
Entre 1662 e 1668, perdida a protecção de D.João IV, que morre em 1656 e da rainha, D.Luísa de Gusmão, que deixa a regência após o golpe que entrega o poder a D. Afonso VI, o Pe António Vieira é perseguido, preso e condenado pela Inquisição. 

Na base das acusações de heresia estaria um seu manuscrito intitulado Esperanças de Portugal, Quinto Império do Mundo, primeira e segunda vida del-rei D. João IV. Posteriormente é amnistiado, mas é-lhe retirado o direito de pregar e discutir certas matérias.

Entre 1669 e 1675 vive em Roma.Ganha grande notorieda-de como pregador e denuncia combativamente as práticas da Inquisição, contra a qual obtém a protecção papal. É convidado pela rainha Cristina da Suécia para seu pregador.

 
Entre 1675 e 1681 está em a Lisboa, onde regressa por ordem do rei D. Pedro II, mas é mantido afastado da actividade política. 






Em 1679 inicia a edição dos seus Sermões.


Entre 1675 e 1681 está em Lisboa, onde regressa por ordem do rei D. Pedro II, mas é mantido afastado da actividade política.

A partir de 1681 regressa definitivamente ao Brasil. Prossegue a sua obra evangelizadora, continua a edição dos seus Sermões e a redacção da sua obra profética Clavis Prophetarum. É nomeado Visitador Geral dos Jesuítas no Brasil (1688), mas renuncia ao cargo em 1691 devido à sua idade avançada e falta de saúde.



Em 1697, morre a 18 de Julho, na Baía, com 89 anos


Bibliografia
Saraiva, António José, História da Literatura Portuguesa, 1º volume Editorial Estúdios Cor, SARL, Lisboa, Dezembro 1966;
Prado Coelho (direcção), Jacinto do, Dicionário de Literatura, vol. 4, 3ª edição, Ed. Figueirinhas, Porto, 1973;

Páginas WWW

academialiteraria.blogspot.com/2009_03_01_arc...;
embaixada-portugal-brasil.blogspot.com/2008/0...;
www.jornalcontato.com.br/335/licao/index.htm;
http://farm2.static.flickr.com/1104/1018102173_0ce0388b58.jpg;
www.popa.com.br/.../pe_antonio_vieira.htm;
 mosteirosvicentedefora.blogs.sapo.pt/;
www.lpm-editores.com.br/livros/go.asp?LivroID...
bibesjcp.no.sapo.pt/PAV.htm
 www.oocities.com/athens/atrium/2466/sermoes.html
bmfunchal.blogs.sapo.pt/2008/02/;
arquivohistoricomadeira.blogspot.com/2009/04/...
www.intellectadesign.com.br/2007/04/o-padre-a...

Recolha e organização: Maria da Conceição Reis

Sem comentários:

Enviar um comentário