O BlogBESSS...

Bem-Vindos!


Blog ou Blogue, na grafia portuguesa, é uma abreviatura de Weblog. Estes sítios permitem a publicação e a constante atualização de artigos ou "posts", que são, em geral, organizados através de etiquetas (temas) e de forma cronológica inversa.


A possibilidade de os leitores e autores deixarem comentários, de forma sequencial e interativa, corresponde à natureza essencial dos blogues
e por isso, o elemento central do presente projeto da Biblioteca Escolar (BE).


O BlogBESSS é um espaço virtual de informação e de partilha de leituras e ideias. Aberto à comunidade educativa da ESSS e a todos os que pretendam contribuir para a concretização dos objetivos da BE:

1. Promover a leitura e as literacias;

2. Apoiar o desenvolvimento curricular;

3. Valorizar a BE como elemento integrante do Projeto Educativo;

4. Abrir a BE à comunidade local.


De acordo com a sua natureza e integrando os referidos objetivos, o BlogBESSS corresponde a uma proposta de aprendizagem colaborativa e de construção coletiva do Conhecimento, incentivando ao mesmo tempo a utilização/fruição dos recursos existentes na BE.


Colabore nos Projetos "Autor do Mês..." (Para saber como colaborar deverá ler a mensagem de 20 de fevereiro de 2009) e "Leituras Soltas..."
(Leia a mensagem de 10 de abril de 2009).


Não se esqueça, ainda, de ler as regras de utilização do
BlogBESSS e as indicações de "Como Comentar.." nas mensagens de 10 de fevereiro de 2009.


A Biblioteca Escolar da ESSS


PS - Uma leitura interessante sobre a convergência entre as Bibliotecas e os Blogues é o texto de Moreno Albuquerque de Barros - Blogs e Bibliotecários.

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Resultado do Concurso "Cartas e Poemas de Amor", 2015/16



Vencedora: Mariana Ferreira, 10.º ano, turma G, número 31

Prosa Poética

O amor é quando cada um mora nos dois

Ainda não sei, mas vou descobrir, se é teu sorriso franco e desconcertante que transforma meu coração em feliz navegante, lhe dá anseios impossíveis de medir, o engrandece e enriquece! Sabias que só de te pensar, ele enlouquece?

Ainda não sei, mas vou descobrir, se é teu olhar brando e fascinante que adoça e desarma meu corpo beligerante, lhe dá vontade de beijos te cobrir, o preenche e acende. Sabias que só de te pensar, ele se rende?

Ainda não sei, mas vou descobrir, se é teu abraço envolvente e abrangente que cerca esta minha alma sedenta e viajante, lhe dá vontade de não mais partir, a enfraquece e entontece. Sabias que só de te pensar, ela aquece?

Ainda não sei, mas vou descobrir, se é teu beijo mágico e inebriante que modera e acalma este espírito ambulante, o impede de resistir, domina, cativa e prende. Sabias que só de te pensar, ele fende?

E és sorriso, com e sem sentido, amplo, desmedido, gostoso e correspondido.
E és olhar que enche a noite de luar, que em mim se veio tatuar, que apetece beijar.
E és abraço que conquistou meu espaço, alivia meu cansaço, define e molda meu traço.
E és beijo doce e sôfrego, que desejo, que tortura o fôlego, mas que almejo.
E que seria de meu coração, metade ternura, metade vulcão, ora forte, ora mendigo, sem a alegria do teu abrigo?
E que seria do meu corpo, ora reservado, ora exposto, sempre de infinito desejoso, sem o olhar do teu rosto?
E que seria de minha alma, tão condenada quanto salva, entusiasta, generosa e medonha, sem que o conforto do teu abraço lhe ponha?
E que seria de meu espírito, agora engenhoso, depois despido, vivaz e cheio de ensejo, sem a poesia e o ardor do teu beijo?
E há lá no mundo, algo mais saboroso e profundo que teu sorriso e olhar, teu abraço e terno beijar?
Se continuares a não mos negar, nada mais tenho a desejar!

Sem comentários:

Enviar um comentário